Dicas sensuais pra um término de semana pluviátil

Dicas sensuais pra um término de semana pluviátil

Nesse tempinho frio e chuvoso que tem cercado a Grande Vitória, quais opções para você e seu amado? Lógico: para a maioria das pessoas a chuva significa cobertas e TV. Mas a gente vai mostrar aqui que não é só isso que dá para fazer. Ser caseiro também é legal! Assim, elaborei um post com algumas dicas para vocês neste inverno que parece ser bem rigoroso. A gente sempre se programa para ir jantar fora, ir ao parque fazer um pique-nique, por exemplo, e aí cai AQUELA tempestade que ferra com tudo. E aí, o que fazer? Pois é, todo mundo já passou por essa dúvida. Um dia de chuva pode ser, na verdade, uma benção ao avesso – uma oportunidade para reacender o romance num relacionamento (ou atear mais fogo ainda!). Invista num almoço ou jantar bem gourmet, com vinho e receitas elaboradas, feitas por quatro mãos. A diversão, entrosamento estão garantidas com esse programa culinário, eu garanto! Quando dizem que ficar de conchinha e debaixo do edredom com um belo cobertor de orelha é a solução, acredite, vale a pena aproveitar a baixa temperatura para aflorar o lado romântico e sensual. Um bom filme erótico pode esquentar a sua noite e estimular a imaginação. Existem roteiros mais apimentados e com cenas explícitas como em “Ninfomaníaca” (I e II), “ShortBus”, “Lúcia e o Sexo”, “A Secretária”, “Uma Relação Pornográfica” ou “Monella”, e “Travessa” são alguns títulos para uma bela maratona prazerosa. Quer apenas algumas cenas picantes? Escolha algum desses filmes: “Ata-me!”, “Em Carne Viva” e “Mata-me de Prazer”. Com o frio, as pessoas costumam ficar de moletom em casa, pijamas compridos e sem apelo para o desejo visual. Que tal mudar um pouco esse cenário? É possível ficar atraente sem sentir frio, tá?! Quer ver? As mulheres podem colocar aquela lingerie linda que tem guardada na gaveta, que ganhou no chá de lingerie sabe? Por cima invista em um robe de tecido mais grosso ou um roupão em microfibra. Meu amigo, você também pode melhorar sua apresentação para a (o) amada(o)! Uma cueca boxer e um ropão dão um charme para o seu visual de inverno. Um dos brinquedos mais populares na década de 90, o Twister é aquele jogo fácil de jogar e difícil de terminar. Fácil porque envolve apenas um pano com umas bolas coloridas e um negócio que você gira dizendo em qual dessas bolas você coloca as mãos e os pés. Se você caísse ou batesse joelhos/cotovelos/bunda no chão, está eliminado. Por que é tão legal para um casal? Bom, com certeza você já jogou o Twister quando criança. Mas naquela época você não tinha entrado na puberdade, não é mesmo? É lógico que jogar com a pessoa que você mais gosta no mundo tem um quê a mais. Acho que você entendeu – não precisaremos desenhar (até porque desenhar pessoas jogando twister seria bem difícil). Se você nunca jogou, veja aqui mais sobre o jogo. Bom, se você quer realmente apimentar as coisas, temos uma sugestão bem bacana que é o strip poker. Afinal de contas, quando chove na praia você provavelmente vai jogar buraco ou truco com o resto da família, não é mesmo? Neste caso, dá para jogar com seu amado ou amada – só que de uma maneira muito interessante. Caso você nunca tenha jogado strip poker, é muito simples. Ao invés de jogar valendo fichas, joga-se… valendo peças do vestuário. Não precisamos dizer quando alguém perde né? Se bem que se formos analisar, a parte do casal que perde não vai perder tanto assim. Ta aí um negócio onde perder para ganhar é interessante. Por que é tão legal para um casal? Para bom entendedor meia palavra basta, não? De toda forma, caso você seja parte de um casal um pouco mais conservador e gostou da parte do strip no poker, baixa o aplicativo aí da Full Tilt Poker e seja feliz jogando pelo computador – o que soa um conservadorismo um tanto quanto irônico, dado que Full Tilt significa “ir com força” em inglês, não? Tem alguma ideia ou sugestão de fantasia para esse tempinho? Escreva para nós!